Liga dos Campeões: Uefa aprova novo formato para 2024

11 maio 2022 13:23:05 CET

A tradicional fase de grupos desaparece da competição que passará a ter 36 clubes na disputa, quatro a mais do que anteriormente.

O Comité Executivo da UEFA aprovou, esta terça-feira, a mudança no formato das competições de clubes a partir da temporada 2024/25, que vai revolucionar por completo o actual formato da Liga dos Campeões, Liga Europa e Liga Conferência Europa.

As alterações prevêm que cada uma das três competições passe a contar com 36 clubes na sua fase principal, além da transformação da fase de grupos tradicional numa fase de Liga única, onde estarão presentes todos esses participantes.

Até lá, mantém-se o actual formato que nessa época está na fase determinante com as finais das três competições a terem lugar este mês.

Na quarta-feira, 18 de Maio, a final da Liga Europa vai opôr o Eintracht Frankfurt, com 1.66 odds de ganhar, frente aos escoceses do Rangers, com 2.20 odds.

Na semana seguinte, a Roma, orientada pelo técnico português José Mourinho vai tentar bater o Feyenoord na Liga Conferência, e tem 1.66 odds de conseguir.

Esta é a quinta final de competições da UEFA da carreira de José Mourinho, e dado que esta é a época de estreia da Liga Conferência, o técnico luso volta a fazer história ao tornar-se no primeiro treinador a chegar à final das três competições europeias.

Mas o jogo mais esperado, a final da Champions, está reservado para sábado, 28 de Maio, opondo dois os maiores clubes europeus. De um lado, o recordista da liga milionária, Real Madrid, que tem 2.50 odds de vencer pela 14ª vez, e do outro o Liverpool, que ainda está na luta pelo título da Premier League, além da final da Taça FA, e tem 1.53 odds de se sagrar campeão europeu.

Quais são exactamente as alterações?

A primeira alteração é o alargamento das três competições que passam a contar, cada uma, com 36 clubes na fase principal, em vez das tradicionais 32.

Mas a maior mudança, é a transformação da habitual fase de grupos numa espécie de Liga única e o Comité Executivo da UEFA decidiu alterar de 10 para oito o número de partidas a disputar.

Ou seja, nesta liga única cada clube irá jogar um total de oito encontros contra oito adversários diferentes, com quatro partidas a terem lugar em casa e quatro como visitante no terreno do adversário.

Depois, os oito melhores colocados dessa Liga única seguem directamente para os oitavos de final, enquanto os clubes que ficarem de nono a 24º lugar, têm de disputar um playoff, para definir os restantes apurados para a fase eliminatória que então volta a ser como vem sendo habitual, com partidas a duas mãos e a final em partida única.

A partir do 25º lugar, as equipas são eliminadas e nenhuma passa para a Liga Europa.

O novo formato também vale para a Liga Europa, com oito jogos na fase de liga, e Conference League, com seis jogos na fase de liga. As duas competições também contarão com a presença de 36 clubes.

Novos critérios de acesso à Champions

No que toca especificamente à Liga dos Campeões, os critérios de acesso também se alteram com este novo formato.

O Comité Executivo da UEFA decidiu que, em vez de utilizar o critério de ranking de federações ou o coeficiente de clubes, vai distribuir as quatro vagas restantes de outra maneira.

O 5º país do ranking da UEFA, actualmente seria a League 1 francesa, ganha mais uma entrada directa e passa a colocar três clubes nessa fase de Liga única (actualmente tem direito a duas entradas directas e a uma presença nas pré-eliminatórias).

A segunda vaga vai para mais um clube que venha da denominada fase do ‘Caminho dos Campeões’, passando dos actuais quatro campeões nacionais para cinco.

As duas vagas restantes serão atribuídas às duas federações cujos clubes tenham conseguido melhor desempenho colectivo e consequentemente melhor pontuação no ranking da época anterior, por exemplo esta temporada, seriam a Inglaterra e os Países Baixos.

A justificação da UEFA

Após a aprovação do formato final e da lista de acesso para as competições europeias de clubes a partir da época 2024/25 pleo Comité Executivo da UEFA, Aleksander Čeferin afirmou-se convencido que o novo formato “atinge o equilíbrio certo e melhorará o equilíbrio competitivo e gerará receitas sólidas que podem ser distribuídas pelo clubes, ligas e ao futebol das raízes em todo o continente, aumentando o apelo e a popularidade” das competições europeias de clubes.

O Presidente da UEFA salientou ainda a sua satisfação pelo facto do novo formato ter “ter sido uma decisão unânime do Comité Executivo da UEFA, com a Associação Europeia de Clubes, Ligas Europeias e Federações Nacionais”, que considerou “mais uma prova de que o futebol europeu está mais unido do que nunca”.

Lembramos que há duas semanas atrás, a Associação de Ligas Europeias de futebol levantou algumas questões quanto ao sistema de acesso à Liga dos Campeões e a sobrecarga do calendário a partir de 2024, mostrando preocupações com uma possível desvalorização dos campeonatos nacionais.

Talvez por isso, o Comité Executivo da UEFA, reunido em Viena, reconheceu “a importância do calendário doméstico de jogos em toda a Europa” e, como tal, confirmou que “todos os jogos antes da final serão ainda disputados a meio da semana”.

Apostas de Futebol

A bet365 utiliza cookies
Utilizamos cookies para fornecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies.
Gerir Cookies
Aceitar
Funcionamento dos Cookies
O funcionamento dos cookies melhora a experiência do utilizador, retendo anonimamente as preferências. São utilizados internamente para fornecer estatísticas agregadas sobre os visitantes nas nossas páginas web.
Aceitar
Cookies Essenciais
Alguns cookies são necessários para que a página web funcione e não podem ser desactivados. Estes incluem:
Gerência de Sessão
Gerem a informação da sessão e permitem que os utilizadores naveguem pela página web.
Funcionalidade
Armazenam informação que nos permite recordar as preferências do utilizador, i.e, idioma preferido, tipos de organização e definições de média. Este tipo de cookies é ainda utilizado para melhorar a experiência do utilizador ao, por exemplo, impedir que a mesma mensagem seja mostrada ao utilizador duas vezes.
Prevenção de Fraude
Armazenam informação que nos ajuda a cessar a utilização fraudulenta da página web.
Rastreio
Armazenam informação acerca da forma como os utilizadores acederam à página web. Necessitamos de registar esta informação para que possamos pagar devidamente aos nossos Parceiros.