Ténis: Tudo o que precisa saber sobre Open de França

11 maio 2022 17:58:29 CET
Nadal procura o 14º título em Roland Garros

O Open de França, o único Major jogado em terra batida e o segundo Grand Slams do calendário anual de ténis arranca em menos de duas semana e trazemos-lhe toda a informação.

A atracção principal do torneio de Paris é sem dúvida Rafael Nadal, não só porque já conquistou o Grand Slam de abertura da temporada, na Austrália, mas também porque o espanhol vai tentar vencer um extraordinário 14º título em França e tem 4.50 odds de conseguir esse histórico sucesso.

Nos singulares femininos, a número um do mundo, Iga Swiatek, que venceu o seu primeiro Grand Slam no Open de França quando ainda era adolescente, há dois anos atrás, é clara favorita ao título, com 1.90 odds da vitória.

Demos uma vista de olhos a tudo o que precisa de saber antes do mais importante evento de ténis deste mês.

Quando e onde é o Open de França?

O torneio deste ano tem início no domingo, 22 de Maio. A final masculina está marcada para domingo, 5 de Maio, com o evento feminino agendado para o dia anterior.

Os principais e singulares contam com 128 jogadores, tanto nas provas masculina, como feminina, com 16 desses tenistas a chegarem através das partidas de qualificação.

O segundo Grand Slam da temporada tem lugar em Paris e é especial no sentido em que é o único torneio major a ser disputado em superfície de terra batida, ao ar livre.

O local foi construído em 1928 para acolher, na altura, a equipa nacional francesa na luta pela revalidação do título da Taça Davis.

O complexo contém vinte courts, incluindo três estádios de grande capacidade.

Quantas vezes se realizou o Open de França?

Esta será a 126ª edição do torneio, com o evento a ser disputado pela primeira vez em 1891, e a ser originalmente conhecido como Campeonato de França.

Durante os primeiros 34 anos de existência do torneio, estava aberto exclusivamente a jogadores franceses ou estrangeiros que fossem membros de um clube de ténis francês. Por conseguinte, foi compreensivelmente dominado por jogadores nacionais, particularmente Max Decugis, que vencea prova oito vezes, entre 1903 e 1914.

Quem tem mais títulos do Open de França?

Rafael Nadal é o jogador mais condecorado da história deste torneio, tendo vencido numas recordistas 13 ocasiões. O seu primeiro sucesso foi há dezassete anos atrás, em 2005, e o seu mais recente em 2020, quando bateu o seu rival Novak Djokovic.

O sérvio é o actual campeão em título e tem 2.87 odds de levar a melhor no torneio deste ano.

O antigo número um sueco Bjorn Borg venceu o torneio francês seis vezes entre 1974 e 1981 e, a apesar da clara distância de Nadal, é o segundo jogador masculino mais condecorado no evento parisiense, na era aberta.

A ás americana Chris Evert é a tenista feminina mais bem sucedida na história do Open de França com sete títulos, seguida da alemã Steffi Graf que o venceu seis vezes e da belga Justine Henin, com quatro vitórias.

Quem é o favoritos masculino para esta edição do torneio?

Sem grandes surpresas, Rafael Nadal é o favorito à vitória e as razões para colocar o espanhol no topo das previsões são bastante simples e baseiam-se principalmente no seu historial no torneio.

Nadal bateu todos os recordes em Roland Garros, onde já se sagrou capeão 13 vezes, e onde perdeu apenas três dos 108 jogos que fez no torneio parisiense.

Além disso, Nadal é o homem do terra batida por excelência, com mais de 60 títulos profissionais numa superfície em que ganha 92% dos seus jogos, e começou 2022 em alta. Porém, tem tido alguns problemas físicos que o podem afastar da conquista do 14ª troféu em França.

Os seus maiores rivais

Claro que, para ganhar um Grand Slam não basta apenas ter experiência ou chegar num bom momento. Os resultados dependem também de outros factores, em especial quem são os rivais.

E a verdade é que o espanhol tem forte oposição este ano, com o campeão em título e número um do mundo, Djokovic, a lutar pela sua terceira vitória no evento.

O sérvio está à procura de igualau os 21 títulos de Grand Slam de Nadal e ultrapassar Roger Federer com quem está em igualdade neste momento.

O vice-campeão do ano passado, Stefanos Tsitsipas, que recentemente venceu o Monte Carlo Masers em terra batida, além de ter chegou às meias finais do Open de Madrid, tem 5.50 odds de conseguir sair vitorioso nesta edição.

A juntar a estes nomes, temos Carlos Alcaraz, em ascensão meteórica, que na capital espanhol bateu Nadal, Djokovic e Zverev em jogos consecutivos para conquistar o título.

A jovem sensação, que acabou de completar 19 anos, tem 3.00 odds de conquistar o seu primeiro Grand Slam, depois de já ter conseguido reclamar títulos prestigiosos no Rio de Janeiro, Miami, Barcelona e, mais recentemente, Madrid. Fruto da época impressionante que está a fazer, o espanhol subiu para o 6º lugar do ranking mundial.

E nos singulares femininos?

No evento feminino, a amante da terra batida, Iga Swiatek, quer repetir a vitória de há dois anos atrás. A polaca está numa série de 23 vitórias em jogos, tendo ganho os últimos quatro torneios que disputou, três torneios Masters 1000 e o ATP 500 em Estugarda (em terra batida).

A sua rival mais próxima nas apostas é Simona Halep, com 11.00 odds de ganhar o título que já alcançou em 2018, num torneio onde também já foi vice-campeã duas vezes. Mas não podemos esquecer a campeão em título, Barbora Krejcikova, com 34.00 odds, nem tenistas como Paula Badosa, Aryna Sabalenka, Maria Sakkari e Anett Kontaveit, todas elas alternativas à vitória da polaca.

Apostas de Ténis

A bet365 utiliza cookies
Utilizamos cookies para fornecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies.
Gerir Cookies
Aceitar
Funcionamento dos Cookies
O funcionamento dos cookies melhora a experiência do utilizador, retendo anonimamente as preferências. São utilizados internamente para fornecer estatísticas agregadas sobre os visitantes nas nossas páginas web.
Aceitar
Cookies Essenciais
Alguns cookies são necessários para que a página web funcione e não podem ser desactivados. Estes incluem:
Gerência de Sessão
Gerem a informação da sessão e permitem que os utilizadores naveguem pela página web.
Funcionalidade
Armazenam informação que nos permite recordar as preferências do utilizador, i.e, idioma preferido, tipos de organização e definições de média. Este tipo de cookies é ainda utilizado para melhorar a experiência do utilizador ao, por exemplo, impedir que a mesma mensagem seja mostrada ao utilizador duas vezes.
Prevenção de Fraude
Armazenam informação que nos ajuda a cessar a utilização fraudulenta da página web.
Rastreio
Armazenam informação acerca da forma como os utilizadores acederam à página web. Necessitamos de registar esta informação para que possamos pagar devidamente aos nossos Parceiros.